Sobre aquele movimento pra direita no app. de “encontros”[Parte 1]

Em um início de tarde de um dia importante você reapareceu como sempre será: amigável, rápido e com uma capacidade de ser profundo que contradiz tudo o que aparenta. Eu me sinto grata.
Em um início de viagem marcante você me apareceu pela primeira vez, no meio de um grande aglomerado de pessoas com suas melhores fotos, lá estava você. Loiro, bonito e submisso. Movimento pra direita, combinado.
Você fez uma piada, eu ri e continuamos conversando, você me provocava e minha cabeça girava com toda a complexidade da relação que se construía, na chegada daquela viagem só conseguia me perguntar “O que estou fazendo com a minha vida?”. Decidi tomar controle, e tomei controle da minha vida com toda a força possível.
E durante esses processos complexos você tentava me ver. Eu medrosa, reticente, assustada, curiosa e toda problemática. Toda vez que você me chamava eu queria ir mas a insistência no presente falido me fazia te evitar, até o dia que larguei das amarras e fui.
E como foi bom te conhecer! Poder entrar na complexidade do seu ser e rir com suas piadas ruins, não entendia como elas poderiam ser o bastante para alguém te evitar.
E fui, mesmo quando você disse que ia partir, eu estive aqui. Já dizia aquela música que quando o outro é mais sentimental, fica bem se eu sofro um pouco mais. E eu não sofri. Não sofri porque eu sabia que você também estava apegado a mim e a ideia de nós, não sofri porque tinha a tranquilidade de saber que você estava livre e eu não te prendia.
Eventualmente você foi embora, mas antes disso me disse algo que me deixou tranquila “com você é diferente”, então estava tudo bem se quando eu sentisse falta da casa que me alimentava e cuidava de mim enquanto eu estava gata de rua ainda estivesse aberta pra me receber, mesmo que em outro continente.
Hoje ainda sou gata, apanho muito menos na rua e sorrio ao saber que por aí ta tudo bem. Porque por aqui ta tudo bem também.
Que bom que em algum momento na vida eu fiz um movimento à direita.

Anúncios